Apesar dos pedidos, companhia vai manter usina nuclear de Sendai em operação
05/09/2016 - 10h56 em Japão

A companhia operadora da usina nuclear de Sendai, localizada no sudoeste do Japão, não pretende desativar os reatores, apesar do pedido encaminhado pelo governo da Província de Kagoshima. A intenção era suspender as operações para rechecagem das condições de segurança.

Dois reatores da usina de Sendai voltaram a ser operados no ano passado, cumprindo os mais severos regulamentos determinados pelo governo após o acidente nuclear ocorrido em 2011, na usina Fukushima 1.

Na segunda-feira, o presidente da Companhia de Energia Elétrica de Kyushu, Michiaki Uriu, enviou uma resposta escrita para o governador Satoshi Mitazono.

Foi a resposta à petição encaminhada pelo governador para paralisar a usina diante das preocupações dos moradores, após os fortes terremotos que atingiram a província vizinha de Kumamoto.

Uriu diz em sua resposta, que a companhia vai conduzir inspeções especiais ao mesmo tempo em que submete os reatores às checagens periódicas. Em outubro, está programado inspeção no reator número 1 e em dezembro, no número 2.

O governador Mitazono considerou a resposta de Uriu extremamente lamentável e acrescentou que deverá fazer novo pedido após refletir mais sobre a situação.

(Fonte NHK)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!